quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Conheça Marcell Castro

Atualizado em 08/06/2017.

MARCELL CASTRO Vereador de Barra Mansa - RJ, nasceu no município em 1988.


Membro da 4ª geração da família Pereira Nunes em Barra Mansa, família de origem no município de Paraíba do Sul.
Seus bisavós Modestino Pereira Nunes e Hortência Thereza Duprat chegaram em Barra Mansa por volta do ano de 1916, vindos da cidade vizinha de Piraí.
Modestino Pereira Nunes era guarda-livros, profissão hoje equivalente a contador, e é considerado o 1º da cidade.


Criado pelos avós, estudou todo o Ensino Fundamental no Colégio Verbo Divino, com a exceção de um ano na antiga SABEC.


No Ensino Médio estudou na Escola Técnica Pandiá Calógeras e no Colégio Acae, na vizinha Volta Redonda.

Desde quando estudava no Verbo, já interessava-se por política, tomando a frente de questões de sua turma, nessa época já queria ser candidato quando tivesse a idade mínima para se-lo, isso ocorreu mais tarde em 2008...

Na adolescência integrou equipes de ciclismo, e percorreu grande parte da cidade, realizando trilhas nos distritos.
Colégio Verbo Divino

As desigualdades entre os bairros, a perda de liderança regional de Barra Mansa - produto de um processo de décadas; o desejo de melhorar a nossa cidade e lutar pelos menos favorecidos, a história, as potencialidades de Barra Mansa, entre muitos outros fatores, faz que Marcell Castro ingresse na política.

Em 11 de fevereiro de 2006, realiza a sua 1ª inauguração.
Conquista também entre outras coisas a construção de uma praça na Travessa José Pinheiro no seu bairro.

Ciclismo - Visita ao distrito de Amparo
em 17/08/2003
Também começa a dedicar-se a movimentos culturais da cidade.


Em setembro de 2006 tornou-se evangélico, e em outubro, entra para a Igreja Cristã Maranata.

Em 25 de Novembro de 2007 foi batizado nas águas do lugar chamado "Maanaim de Queluz" - SP próximo a divisa de Resende.

Em 2008 começa a vida universitária, Marcell Castro inicia os estudos no Curso de Administração na Universidade Estácio de Sá em Resende, e no segundo semestre, transfere-se para o UBM.

Queluz - 25/11/2007
Foi convidado a se candidatar a vereador, pelo historiador Dr. Alan Carlos Rocha, porém por questões partidárias, aceita o convite de Lúcio Teixeira e Roosevelt Brasil, e vai para o PMDB, lançando-se pela 1ª vez em 2008, com dezenove para vinte anos, conquistou 355 votos. Seu jingle foi: "Eu digo 15 9 15, Marcell Castro deixa o jovem trabalhar... Barra Mansa não aguenta mais, chega dos mesmos, em toda eleição, é hora de renovar, vamos mostrar, que o jovem é capaz...". (Ritmo: rock).


Em maio de 2011 lança-se candidato a Presidente do Diretório Central dos Estudantes do UBM, e com uma equipe coesa e propostas inovadoras, é eleito com 488 votos pela Chapa Transparência e Ficha Limpa. Representou por um ano aos quase 6 mil estudantes de todos os cursos da graduação a pós-graduação do UBM.
Comício da Vila Independência, com
Roosevelt Brasil, Sônia Coutinho 

- Setembro de 2008

Forma-se em Julho de 2012, e por ocasião do seu egresso do UBM, seu amigo, Junio Lacerda então vice, assume a presidência.

Após formar-se em Administração, em 2012 é novamente candidato a vereador - d'esta vez pelo PSDC -, Conquistou 515 votos, e 60ª lugar, de um total de mais de 350 candidatos. Seu jingle foi: "Chegou a hora de Marcell Castro, Barra Mansa não pode esperar, chegou a hora d'este grande salto, vou deixar o jovem trabalhar, chegou a hora de ficar mais forte, de fazer justiça e crescer muito mais, chegou a hora de Marcell Castro, é 27027..." (Ritmo: pop).

Em 2013, recomeço, retorna em 18 de fevereiro ao UBM, onde inicia o seu segundo curso universitário - Direito.

Em 2016, chegou a marca - seis vezes representante de turma (cinco da turma B, e uma vez da turma A), também já foi representante de colegiado do curso de Direito, e membro do Conselho Superior Universitário, e do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão do UBM.

Em 16 de Agosto, é novamente candidato a vereador, a terceira consecutiva - disputou a todas as eleições municipais que teve idade para concorrer -, d'essa vez pelo PTB -, conquistou expressivos 1882 votos, e foi o 4º candidato a vereador mais votado da cidade - 458 concorrentes -, o 3º mais votado entre os que ganharam, e o 1º mais votado entre os 14 novos vereadores para a 49ª Legislatura (2017 - 2020) da Câmara Municipal de Barra Mansa.
Sua marcante frase - "AGORA VAI!" se popularizou por muitas partes do município.
Seu jingle gravado pela equipe de Emanuel Domingues, e o cantor Peter, da dupla Peter e Alan, foi:
"Barra Mansa é o meu amor, e Marcell Castro é o meu vereador, 
Barra Mansa é o meu amor, 14 014 voto pra vereador (bis)

Essa canção vem do coração, é um rumo novo, a voz do nosso povo, 
14 014 é a esperança, Marcell Castro agora vai, avança Barra Mansa!

Barra Mansa é o meu amor, e Marcell Castro é o meu vereador, 
Barra Mansa é o meu amor, 14 014 voto pra vereador (bis)

Essa canção vem de todo lado, Barra Mansa cantando, junto com Marcell Castro,
Essa canção vem de todo lado, 14 014 eu voto Marcell Castro!

Barra Mansa é o nosso amor, e Marcell Castro é o nosso vereador, 
Barra Mansa é o nosso amor, 14 014 voto pra vereador (bis)..." (Ritmo: pop romántico).

  Jovem idealista, com inúmeros projetos, acredita que com suas ideias, e ações pode fazer que Barra Mansa retome a liderança, prestígio e o “status” que dispunha entre a 2ª metade do século XIX e 1ª metade do XX. Discorda do fato de seu município ter perdido os distritos de Volta Redonda, Quatis, Ribeirão de São Joaquim e Falcão.


Interessado por cultura, e pelas artes, é autor de poemas que exaltam as belezas de Barra Mansa.

Participa com regularidade de atividades culturais da sociedade barramansense, com maior frequência no Grêmio Barramansense de Letras e na Academia Barramansense de História.

Colação de Grau em Administração
Agosto de 2012 - Cicuta
Interessa-se pelo desenvolvimento de Barra Mansa em todas as áreas, social, cultural, comercial, industrial...
E levar mais honestidade, benevolência, cultura e ética à política.

Na atualidade voltou ao UBM onde cursa o 9º período de Direito.










Galeria de Fotos:

Visita a Assembleia Legislativa do RJ - 18/08/2009
Entrevista ao Comunicador Uiara Araújo em Outubro de 2009, Poema "O Centésimo Septuagésimo Sétimo" - (Poema em 177 palavras pelo 177º Aniversário de Barra Mansa) - Rádio do Comércio
 
Visita a obras no UBM, quando era Presidente do Novo Diretório Central dos Estudantes - 4 de Janeiro de 2012
 
Fotos para Formatura - (Fotógrafo - Fábio Floriano)

Praça dos Três Poderes - Brasília
Portal de Paraíba do Sul

Origens:

Marcell Castro faz parte da 22ª geração do ilustre Dom Afonso Sanches, filho bastardo e legitimado de SM Dom Dinis, o 6º Rei de Portugal, com Dona Aldonça Rodrigues Talha.
Mordomo-Mór do reino, trovador e homem de grandes virtudes, teve de abandonar o reino por imposição do cruel Afonso IV, seu irmão - filho legítimo de Dom Dinis.

Entre seus antepassados merecem destaque também:

Modestino Pereira Nunes - (bisavô) - Primeiro contador de Barra Mansa;
Ignácio Pereira Nunes - (tetravô), comendador da Ordem de Cristo, agraciado por Dom Pedro II;
Bento Borges de Araújo - (pentavô) Alferes em Paraíba do Sul, viveu nos séculos XVIII e XIX;
Vasco Fernandes Coutinho - Capitão Donatário da Capitania Hereditária do Espírito Santo, fundou as cidades de Vila Velha e Vitória;
A rainha Dona Leonor Teles de Menezes;
O rei de Leão Castela Dom Afonso X, o sábio;
Dom Afonso Henriques (Primeiro Rei de Portugal);
o rei Guilherme I da Inglaterra;
o imperador Carlos Magno e o misterioso Aka Makhir, judeu, nascido no Iraque em 715, e descendente direito do rei David, a qual se mudou para a corte francesa a convite do rei dos francos.


Pereira Nunes de Paraíba do Sul

Duprat de Piraí; Vasconellos e Borges de Araújo de Paraíba do Sul; Nunes da Silva do Rio de Janeiro;

Fonseca Moraes de Bernardo da Fonseca Moraes, imigrante português estabeleceu-se em Sebollas no século XIX, distrito de Paraíba do Sul.

Silva, Castro, Ballico e Amaral de Perdões-MG; Soares, Castro e Resende de Candeias-MG.

Lopes de Abreu de Bento José Lopes de Abreu, natural de Ponte da Barca,
Minho, Portugal, foi gerente da Cia Agrícola e Industrial de Minas Gerais, em Ribeirão Vermelho-MG.


Paterna: Souza, Medeiros, Dias, Vital, Oliveira, Alves e Lugon, de Divino-MG.
Seu trisavô paterno - José Elias Lugon, é descendente de suíços.

Um comentário: