quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Vereadores de Barra Mansa

Atualizado em 17/05/2017

Conheça também: Os Prefeitos de Barra Mansa
Novo prédio da Câmara Municipal, reinaugurado para essa função em 2006.
O imóvel antes era fórum da comarca.


     O Município de Barra Mansa foi instalado à 10 ou 16 de Fevereiro de 1833, dia em que tomaram posse a primeira Câmara Municipal do novo município.
     Na atualidade existem 19 vereadores, porém segundo a legislação federal, dentro da faixa populacional do município, é possível termos 21, no entanto o legislativo municipal que fixa o número de vereadores, um ano antes do ano eleitoral, fixou 19 vereadores, para a legislatura atual.
     A seguir todas as legislaturas:


Nas legislaturas mais recentes consta a ordem de votação de cada vereador e a quantidade de votos.
49ª LEGISLATURA (2016-2020): 19 cadeiras -
Conheça mais sobre cada um dos 19 vereadores da 49ª Legislatura, clique aqui!
Presidentes:
2017 - Dr. Marcelo Borges da Silva (Marcelo Cabeleireiro)
Vereadores:
2º Paulo Afonso de Sales Moreira da Silva (Paulo Chuchu) - 1945 votos
3º Dr. Marcelo Borges da Silva (Marcelo Cabeleireiro) - 1892 votos
Marcell Castro de Souza - 1882 votos
24/10/2016 - Primeira Reunião completa dos
eleitos da 49ª Legislatura no Salão Branco da
Câmara Municipal, somente Vicentinho não
está na foto, mas esteve a reunião.
Foto - Assessoria de Wellington Pires.
Gustavo de Almeida Gomes - 1403 votos
6º Prof Thiago Valério da Silva - 1358 votos
7º José Abel Mariano (Zé Abel) - 1302 votos
Gilmar Lelis do Carmos - 1231 votos
9º José Renato de Oliveira (Renatinho) - 1163 votos
10º Luis Antonio Cardoso - 1137 votos
11º Vicente Carneiro Leão Filho (Vicentinho) - 1135 votos
12º Marcos André Gonçalves Pitombeira (Marquinhos Pitombeira) - 1135 votos
13º Elias Barbosa Romeiro (Elias da Corbama) - 1102 votos
14º Dr. Wellington Almeida Pires - 987 votos
15º Carlos Roberto de Carvalho (Roberto Beleza) - 956 votos
16º Gilson de Assis Lopes (Gilson Pooxa Vida) - 952 votos
17º Dr. Jaime Alves de Almeida - 952 votos
18º Dr. Daniel Volpe Maciel - 951 votos
22º Zélio Resende Barbosa (Zélio Show) - 861 votos
42º Profª Maria Lúcia Moura da Fonseca - 628 votos


Notas:O candidato mais votado do pleito de 2 de Outubro de 2016, foi Luiz Furlani Filho, com 2.137 votos, porém seu partido - PV, não alcançou o quociente eleitoral, e não elegeu nenhum vereador.
Da 48ª Legislatura, se reelegeram apenas 5, 2 foram candidatos a prefeito, 1 a vice-prefeito, e outros 2 não disputaram reeleição, os outros 9 perderam.
Para a 49ª  Legislatura, são 14 vereadores novos - dos quais 9 nunca foram vereadores, 2 voltaram a se eleger, após terem perdido outra eleição; e 3 foram suplentes que assumiram vagas de vereador por um tempo na 48º Legislatura.


48ª LEGISLATURA (2013-2016): 19 cadeiras -
Presidentes:
Vereadores eleitos 48ª Legislatura.
2016 - José Luiz Vaneli (Leiteiro)
2014 e 2015 - Dr. Marcelo Borges da Silva (Marcelo Cabeleireiro)
2013 - José Luiz Vaneli (Leiteiro)
Vereadores:
1º Dr. Rodrigo Drable Costa – 2923 votos
2º José Luiz Vaneli (Leiteiro) – 2909 votos
3º Luis Antonio Cardoso – 2245 votos
4º Dr. Claudio Jose da Silva Cruz (Baianinho) – 1955 votos
6º Roque Martins de Mello – 1675 votos
7º Vicente de Paula Ferreira Júnior (Pissula) – 1629 votos
09/11/2015 - 48ª Legislatura na Câmara nova
Foto - "Nosso Jornal"
8º Dr. Luiz Antonio Furlani Filho – 1541 votos
9º Carlos Roberto de Carvalho (Beleza) – 1448 votos
10º Vicente Carneiro Leão Filho (Vicentinho) – 1447 votos
11º Dr. Marcelo Borges da Silva (Marcelo Cabeleireiro) – 1420 votos
12º Paulo Afonso de Sales Moreira da Silva (Paulo Xuxu) – 1402 votos
13º Ademilson Pereira Câmara (Denilson Câmara) – 1381 votos
14º Dr. Ricardo Arbex – 1268 votos
15º José Marques – 1229 votos
17º Christiano Alves Vieira (Chris) – 1194 votos
19º Dr. Ivan Marcelino de Campos (Ivan de Rialto) – 1160 votos
20º Pedro Paulo Lopes (Pedrinho) – 1111 votos
O luxuoso plenário do Palácio Barão de Guapy,
foi palco de acontecimentos marcantes da história
de Barra Mansa. Ao fundo Marcell Castro em
solenidade pelos 183º aniversário de Barra Mansa
em 2015 - Foto - Jornal Folha do Interior.
21º Ueslei Carlos de Brito (Ueslei da Farmácia) – 1099 votos
32ª Elias Silva de Andrade (Lia Preto) – 881 votos
Suplentes que assumiram temporariamente:
23º Jaime Alves de Almeida - 1063 votos
(no lugar do Vereador Chris, pois este assumiu a Sec. Municipal de Juventude, Esporte e Lazer).
18º Roberval Pessanha dos Santos (Teixeirinha) - 1183 votos
(no lugar do Vereador Beleza, pois este assumiu a Sec. Municipal de Desenvolvimento Rural).
29ª Zélio Resende Barbosa (Zélio Show) - 929 votos
(no lugar do Vereador Ueslei da Farmácia, pois este assumiu a Sec. Municipal de Ordem Pública).
36º Marcus Antunes da Silveira (Marquinho 88) - 830 votos
(no lugar do Vereador Dr. Ricardo Arbex, que se licenciou temporariamente).
51º Profª Maria Lúcia Moura da Fonseca - 645 votos (no lugar do Vereador Denilson Câmara, por licença temporária deste).
2012 - Encontro dos vereadores da 47ª Legislatura com os
eleitos para a 48ª, no Salão Nobre da Câmara Municipal.


47ª LEGISLATURA (2009-2012): 12 cadeiras -
Presidentes:
2012 - Luis Antonio Cardoso
2011 - Dr. Cláudio José da Silva Cruz (Baianinho)
2009 e 2010 - Luiz Baptista de Barros (Lula)
Vereadores:
1º José Abel Mariano (Zé Abel) – 3456 votos
2º José Luiz Vaneli (Leiteiro) – 3320 votos
3º Dr. Cláudio José da Silva Cruz (Baianinho) – 3076 votos
10/2009 - Vereadores da 47ª Legislatura e ex-prefeitos na
entrega de Título de Cidadão Barramansense
à Jorge Picciani - Blog do Rodrigo Drable
5º Vicente Carneiro Leão Filho (Vicentinho) – 2534 votos
6ª Sonia Maria de Camargo Coutinho Parreira – 2214 votos
7º Luiz Baptista de Barros (Lula) – 1955 votos
9º Luis Antônio Cardoso – 1893 votos
13º Ueslei Carlos de Brito (Ueslei da Farmácia) – 1732 votos
16º Elias Barbosa Romeiro (Elias da Corbama) – 1455 votos
18º César Augusto Nader (Guto Nader) – 1433 votos                                        
20º José Mauricio de Almeida – 1278 votos
21º Dr. Marcelo Borges da Silva (Marcelo Cabeleireiro) – 1277 votos

Nova sede da Câmara de Vereadores de Barra Mansa
46ª LEGISLATURA (2005-2008): 12 cadeiras - 
Presidentes: 
2007 e 2008 - Dr. Cláudio José da Silva Cruz (Baianinho)
2005 e 2006 - Dr. Ademir Alves de Melo
Vereadores:
1º Dr. Ademir Alves de Melo – 4107 votos (Recorde de votos na história de Barra Mansa)
2º José Marques – 2604 votos
3ª Ruth Cristina Coutinho Henriques de Lima Rebello (Ruthinha) - 2425 votos
4º Edilson Gonçalves Custódio (Russo) – 2409 votos
Palácio Barão de Guapy, de 1861 a 2006 foi a sede da Câmara dos Vereadores.
5º Luiz Baptista de Barros (Lula) – 2404 votos
6º Dr. Francis Bullos – 2249 votos
8ª Sônia Maria de Camargo Coutinho Parreira – 2101 votos
10º Jorge de Oliveira Costa (Pastor Jorge) – 2052 votos
16º Roberval Pessanha dos Santos (Teixeirinha) – 1708 votos
18º José Maurício de Almeida – 1622 votos
20º Dr. Cláudio José da Silva Cruz (Baianinho) – 1396 votos
22º Dr. Rodrigo Drable Costa – 1276 votos
Suplentes que assumiram:
40ª Tereza Maria Souza e Castro – 808 votos
Vereador que mais votado da 
história de BM, e que mais vezes
presidiu o legislativo
 barramansense (seis vezes).
Tereza Castro assumiu no lugar de Russo que exerceu o mandato até 2008, cassado por infidelidade partidária.

Notas: 
     Esta legislatura inaugurou em 21/12/2006 as novas instalações da Câmara Municipal, no lugar que anteriormente funcionava o fórum da comarca.
      Anteriormente o Poder Legislativo ficava sediado em frente, no Palácio Barão de Guapy.

45ª LEGISLATURA (2001-2004) - 19 cadeiras -
Presidentes:
2004 - Luiz Baptista de Barros (Lula)
2003 - José Luiz Vaneli (Leiteiro)
2001 e 2002 - Dr. Ademir Alves de Melo
Vereadores:
César Augusto Nader (Guto Nader) – 2176 votos
Dr. Ademir Alves de Melo – 1843 votos
Vereador por 4 mandatos - Dr. Francis Bullos
foi um dos parlamentares mais cultos que já
passaram pelo legislativo barramansense.
Luiz Baptista de Barros (Lula) – 1709 votos
José Marques – 1674 votos
José Luiz Vaneli (Leiteiro) – 1649 votos
Newton Soares – 1600 votos
Idilio Neves Moreira – 1367 votos
Moacir José de Souza – 1316 votos
Edilson Gonçalves Custódio (Russo) – 1254 votos
Dr. Francis Bullos – 1202 votos
Maurício Caetano da Silva – 1175 votos
Sônia Maria de Camargo Coutinho Parreira – 1161 votos
Cláudio José da Silva Cruz (Baianinho) – 1152 votos
José Amaral de Oliveira – 1148 votos
Francisco Barbosa Lopes Maia (Tainha) – 1088 votos
Walcy Magno dos Santos – 1077 votos
Vereador recordista de mandatos -
sete vezes, empatado com Ver.
Acilio Barcelos de Camargo, e

Ver. Alphen de Oliveira Ferreira.
Neusa Maria do Nascimento Mariano – 918 votos
Zelia Pereira Gomes Amorim – 886 votos
Marcelo Borges da Silva (Marcelo Cabeleireiro) – 807 votos

44ª LEGISLATURA (1997-2000) - 19 cadeiras -
Presidentes:
2000 - Luiz Baptista de Barros (Lula)
1998 e 1999 - Dr. Ademir Alves de Melo
1997 - Dr. Cláudio José da Silva Cruz (Baianinho)
Vereadores:
José Abel Mariano – 1927 votos
Dr. Ademir Alves de Melo – 1521 votos
José Marques – 1356 votos
Newton Soares – 1186 votos
Francisco Barbosa Lopes Maia (Tainha) – 1149 votos
Dr. Cláudio José da Silva Cruz (Baianinho) – 1104 votos
Luiz Baptista de Barros (Lula) – 1091 votos
Walcy Magno dos Santos – 1074 votos
Vereador recordista de mandato -
7 vezes empatado com Ver. Lula

 e Ver. Alphen de Oliveira Ferreira.
Joaquim Guimarães Pitombeira Filho – 1046 votos
Dr. Francis Bullos – 987 votos
Giuliano Meneghin – 969 votos
José Fernandes Viana – 938 votos
Idilio Neves Moreira – 900 votos
Luis Antonio Cardoso – 874 votos
Roberval Pessanha dos Santos (Teixeirinha) – 871 votos
José Luiz Vaneli (Leiteiro) – 776 votos
José Amaral de Oliveira – 763 votos
Maurício Caetano da Silva – 1167 votos
Sônia Maria Camargo Coutinho Parreira – 660 votos

43ª LEGISLATURA (1993-1996) -
Presidentes:
1996 - Joaquim Guimarães Pitombeira Filho
1994 e 1995 - Dr. Ricardo Volpe Maciel
Presidente da Câmara em 1985, 1986,
1994 e 1995.
1993 - Joaquim Guimarães Pitombeira Filho
Vereadores:
Dr. Ricardo Volpe Maciel, Luiz Baptista de Barros (Lula), José Marques, Dr. Gleizer Siqueira Pimentel, Maria Inês Pandeló Cerqueira, Cláudio José da Silva Cruz (Baianinho), Devanil Antônio Ferreira, Francisco Barbosa Lopes Maia (Tainha), Geraldo Magela dos Santos, Giuliano Meneghin, Ivan do Nascimento, João Batista de Souza (João da Vaca), Joaquim Guimarães Pitombeira Filho, José Abel Mariano, José Afonso Lopes, Luis Antônio Cardoso, Antônio Fernando Xavier, Vicente Luciano da Fonseca, Vicente Pedro Rodrigues, Onofre Ruela da Silva.

Notas:
 Onofre Ruela da Silva era o 1º suplente do PSDB e assumiu a vaga de vereador após o falecimento do titular - Antônio Fernando Xavier.


Vereadores da Assembleia Constituinte

42ª LEGISLATURA (1989-1992) -
Presidentes:
1992 - Joaquim Guimarães Pitombeira Filho
1991 - Luiz Baptista de Barros (Lula)
1989 e 1990 - José Laerte d'Elias
Presidente da Assembleia Constituinte Municipal de 1990 - Lúcio Antonio Teixeira

Vereadores:
Devanil Antonio Ferreira, Elisa Maria Ferreira, Erlei de Oliveira Andrade, Dr. Francis Bullos, Ismael Jorge G. Pinheiro, Ivan do Nascimento, João Teodoro da Cunha Neto, Joaquim Guimarães Pitombeira Filho, José Abel Mariano, José Laerte d’Elias, José Marques, José Maurício de Almeida, Lúcio Antonio Teixeira, Luiz Baptista de Barros, Miguel Ozório Machado, Pedro Silva, Ruth Coutinho Henriques de Lima, Vicente Pedro Rodrigues, Waldir Balieiro Pacheco.



Notas:
Foi durante a 42ª legislatura que ocorreram:
A emancipação de Quatis, e o desmembramento de Ribeirão de São Joaquim e Falcão.

A Assembleia Constituinte Municipal, que promulgou à 5 de Abril de 1990 a Lei Orgânica do Município, em vigor até a atualidade.





Primeira Vereadora de Barra Mansa


41ª LEGISLATURA (1983-1989) -
Presidentes:
1987 e 1988 - Alderando Casali Marques
1985 e 1986 - Dr. Ricardo Volpe Maciel
1983 e 1984 - Ruy Andrade

Vereadores:
Acilio Barcelos de Camargo, Alderando Casali Marques, Aluísio Chaves Braga, Antonio Azoberte Alves, Aroldo Cabral, Carlos Elias dos Santos Curty, Jefferson Zelma, Joaquim Guimarães Pitombeira Filho, José dos Santos (Brôto), José Garcia da Silva, Luciano Paiva Silveira, Luiz Baptista de Barros (Lula), Osmar Moreira de Almeida, Dr. Ricardo Volpe Maciel, Ruth Coutinho Henriques de Lima, Ruy Andrade, Waldir Balieiro Pacheco.

Palácio Barão de Guapy por volta de 1987.



40ª LEGISLATURA (1977-1983) - 
Presidentes: 
1982 - Dr. Elmiro Chiesse Coutinho
1981 - Antonio Azoberte Alves
1980 - Dr. João Batista de Oliveira
1979 - Dr. Darcy Noronha
1977 e 1978 - José Carlos Peixoto
Vereadores:
Palácio Barão de Guapy - 1975
Acilio Barcelos de Camargo, Alberto Rodrigues, Américo Vespúcio Camacho de Lacerda, Antonio Azoberte Alves, Carlos Campbell Vieira, Dr. Darcy Noronha, Edgar Tavares Pereira, Dr. Elmiro Chiesse Coutinho, Geraldo Hypólito Mendonça, Dr. João Batista de Oliveira, Joaquim Guimarães Pitombeira Filho, José Carlos Peixoto, José Ramos Torres, Osmar Moreira de Almeida, Paulo César Nogueira, Pedro Silva, Pedro Vicente de Souza.

39ª LEGISLATURA (1973-1977) - 
Presidentes: 
1976 - Geraldo Hypólito Mendonça
1975 - Waldir Balieiro Pacheco
1973 e 1974 - Acilio Barcelos Camargo
Vereadores:
Posse do Prefeito Feres Nader, e vereadores
 da 39ª Legislatura - Acervo ABH
Acilio Barcelos de Camargo, Alan Carlos Rocha, Alderando Casali Marques, Antonio Azoberte Alves, Antonio Marques, Antonio de Paula Pacheco, Benedicto Roberto Baptista, Carlos Campbell Vieira, Darcy Noronha, Edgar Tavares Pereira, Geraldo Hypólito Mendonça, José Carlos Peixoto, José Egídio de Almeida, José Ramos Torres, Luiz Nazareth Barbosa Leite, Paulo José da Rocha, Rubens de Souza Resende, Waldir Balieiro Pacheco.

38ª LEGISLATURA (1971-1973) - 
Presidentes: 
1972 - Rubens de Souza Resende
1971 e 1972 - Dr. Elmiro Chiesse Coutinho
Vereadores:
Dr. Elmiro Chiesse Coutinho, Paulo Basílio de Oliveira, Rubens de Souza Resende, Paulo José da Rocha, Dr. Alphen de Oliveira Ferreira, Acilio Barcelos de Camargo,
Carlos Campbell Vieira, Domingos Cartolano Addêo, Dr. Osias Andrade Corrêa, Vicente Luciano da Fonseca, Itamar dos Santos Duarte, José Ramos Torres, Doelinger de Oliveira Franco, Otenílio Machado, Pedro Silva, José Walto Pires e Geraldo Hypólito Mendonça.
Palácio Barão de Guapy - 1967
Acervo ABH

37ª LEGISLATURA (1967-1971) - 
Presidentes: 
1969 e 1970 - Ruy Andrade
1967 e 1968 - Josué Dias de Bragança
Vereadores:
Josué Dias Bragança, Ruy Andrade, Renato Mendes Brandão, Pedro Silva, Hamilton Reis Alves, Francisco Alves Barbosa, Dr. Francisco Moreira Maciel, Carlos Campbell Vieira, Vicente Luciano da Fonseca, José Fernandes de Castro, José Geraldo de Carvalho Alves, José dos Santos (Brôto), Newton Rocha, Acilio Barcelos de Camargo, Cantionílio da Silva Branco, João Batista Napoli, Alphen de Oliveira Ferreira.

36ª LEGISLATURA (1963-1967) - 17 cadeiras - 
Presidentes: 
1965 e 1966 - Dr. Nestor Chiesse Coutinho
Vereador Nestor Chiesse Coutinho recebe quadro
do encontro dos vereadores de Barra Mansa e
Volta Redonda, das mãos de Leonel Dacol -
foto do 'Livro Volta Redonda Ontem e Hoje'
1964 - Ruy Andrade
1963 - Dr. João Baptista de Barros
Vereadores:
Dr. João Baptista de Barros (PTB)  546 votos;
José dos Santos (Brôto) (PSP)  425 votos;
Pedro Silva (PTB)  421 votos;
Cantionílio da Silva Branco (PTB)  401 votos;
Dr. Alphen de Oliveira Ferreira (PSD)  350 votos;
Francisco Alves Barbosa (PTB)  345 votos
Nilo Campbell da Silva (UDN)  344 votos;
Dr. Nestor Chiesse Coutinho (PTN)  341 votos;
Ruy Andrade (PSP)  304 votos;
Acilio Barcelos de Camargo (PTN)  279 votos;
Dr. Francisco Moreira Maciel (UDN)  273 votos;
Antonio Moacir de Oliveira (PSD)  272 votos;
João Baptista Napoli (PSD)  270 votos;
Newton Rocha (PSP)  263 votos; 
Hamilton Reis Alves (UDN)  246 votos; 
Américo Lacerda (PTN)  227 votos;
Nelson Palomina Teixeira (PDC)  195 votos.

35ª LEGISLATURA (1959-1963) - 
Presidentes: 
1962 - Ruy Andrade
1961 - Cícero Cambraia
4 vezes presidente da Câmara.
Lutou na II Guerra Mundial
1960 - Newton Rocha
1959 - Dr. Oswaldo Porto
Vereadores:
Dr. Oswaldo Porto, Antonio Mello, Mário Estevaux, Vasco de Oliveira Vidal, Arlindo Lopes Ferreira, Ruy Andrade, Clodoaldo da Rocha Pimentel, Francisco da Fonseca Coelho, Jorge Gomes, Newton Rocha, Josué Dias Bragança, Victor Marcondes Sampaio, Ismar de Oliveira Campos, Reynaldo Fernandes Barcelos, Acilio Barcelos de Camargo, Cícero Cambraia, Oswaldo Carminati.

34ª LEGISLATURA (1955-1959) - 
Presidentes: 
1958 - Sálvio Ribeiro do Val
1957 - João Baptista de Pinho Carvalho
1956 - Ismar de Oliveira Campos
Além de Câmara o Palácio Barão de Guapy,
funcionou também a prefeitura até 1984.
1955 - Wanderlino Teixeira Leite
Vereadores:
Wanderlino Teixeira Leite, Marino de Lima Rocha, Alphen de Oliveira Ferreira, Antenor Jonas da Silva Rocha, José Luiz Corrêa, Sálvio Ribeiro do Val, Geraldo Quirino de Oliveira, Ismar de Oliveira Campos, Reynaldo Fernandes Barcelos, Arlindo Lopes Ferreira, João Baptista de Pinho Carvalho, Mário Estevaux, José de Carvalho, Nilo Campbell da Silva, Antonio Pinto Neves, Agenor Gomes da Rocha, Waldemar de Paula Coutinho.

Vereador recordista de mandatos -
sete vezes, empatado com Ver.
Acilio Barcelos de Camargo, e
Ver. Luiz Baptista de Barros
33ª LEGISLATURA (1951-1955) - Foi durante esta legislatura que ocorreu a emancipação de Volta Redonda.
Presidentes: 
1954 - Dr. Alphen de Oliveira Ferreira
1953 - Dr. Ernesto Duarte da Silveira
1952 - Dirceu Chiesse Coutinho
1951 - Victor Marcondes Sampaio
Vereadores:
Dr. Alphen de Oliveira Ferreira, Antonio Gomes Carreira, Bernardo Paulino de Oliveira Benfeito, Clodoaldo da Rocha Pimentel,  Prof. Dary Ferreira Pinto de Oliveira, Dirceu Chiesse Coutinho, Edgar Ferreira Bastos, Dr. Ernesto Duarte da Silveira, Hélio Maurey, Joel Alves de Oliveira, Leopoldo Monteiro da Silva, Mário Ferreira Netto, Oswaldo PortoRaul de Barros,Victor Marcondes Sampaio, Wilson de Paiva, Wladyr de Castro Ferraz,
Suplentes que assumiram temporariamente:
Aristoclides Ribeiro
Vereador Dirceu Chiesse Coutinho
- integridade contra a emancipação
de Volta Redonda.
Jamil Wadih Rizkalla
Norival de Freiras

Notas:
Durante a seção extraordinária realizada em 29 de Abril de 1954 ao qual foi decisiva contra Barra Mansa e pela emancipação covarde de Volta Redonda, estavam de licença os vereadores: (Aos quais foram substituídos pelos suplentes Aristoclides, Jamil e Norival).
Bernardo Paulino de Oliveira Benfeito, Clodoaldo da Rocha Pimentel, Edgar Ferreira Bastos.

Votaram contra a emancipação (a favor do requerimento à ALERJ contra o plebiscito):

Dary Ferreira Pinto de Oliveira
Vereador Duarte da Silveira - 
integridade na luta contra a emancipação 
de Volta Redonda.
Dirceu Chiesse Coutinho
Ernesto Duarte da Silveira
Oswaldo Porto
Raul de Barros
Victor Marcondes Sampaio

Votaram a favor da emancipação (contra o requerimento à ALERJ contra o plebiscito):
Aristoclides Ribeiro
Heitor Leite Franco
Jamil Wadih Rizkalla
Mário Ferreira Netto
Norival de Freitas
Wilson de Paiva
Wladyr de Castro Ferraz

30/10/1954 - Diplomação do pref. Sávio Gama,
do vice, e vereadores de Volta Redonda, no
Palácio Barão de Guapy.
O Presidente da Câmara Dr. Alphen de Oliveira Ferreira não votou, talvez por ser o presidente durante a seção, porém durante a seção tomou medidas desfavoráveis aos interesses da integridade do território barramansense.

Deixaram de votar:
Antônio Gomes Carreira
Joel Alves de Oliveira

32ª LEGISLATURA (1947-1951) - 
Presidentes: 
1950 - Heitor Leite Franco 
1949 - Dr. Paulo Monteiro Mendes
Vereadores da 32ª Legislatura no início de 1951
- Acervo ABH
1947 e 1948 - Ataulpho Pinto dos Reis
Vereadores:
Ataulpho Pinto dos Reis, Dr. Paulo Monteiro Mendes, Dr. Jaime de Melo Couto, José Cardoso Guimarães Cotia, Edgar Ferreira Bastos, Heitor Leite Franco, Cap. Edgar Magalhães da Silva, Dr. Omar Goulart Villela, Antonio Gomes Carreira, Juvenal Barbosa, Victor Marcondes Sampaio, João Baptista de Pinho Carvalho, Sylvio Luiz Corrêa, Antonio Alves de Amorim, Cel. Leopoldo Monteiro da Silva, Alphen de Oliveira Ferreira, Henrique Manoel Ferreira.

31ª LEGISLATURA (1936-1937) - Pres. Wanderlino Teixeira Leite
Vereadores: 13 cadeiras - 
Final da Década de 1930 - Sessão Solene
 da Câmara Municipal - Acervo ABH.
Wanderlino Teixeira Leite, Hosano Fonseca, Donato Pereira Leite, Camilo Augusto de Assis Pereira, Arthur Luiz Corrêa, Carlos Duarte de Miranda, Eurípedes Gomes de Oliveira Campbell, João Baptista Junqueira de Andrade, Flávio de Miranda Gonçalves, José Neves Arantes, Álvaro Sardinha, Isaac Marcondes Sampaio, Bernardo de Mattos Gomes, Felix de Souza Gomes, Getúlio Borges Rodrigues, Adolpho Lopes.
Suplentes que assumiram:
Benjamin Franklin de Albuquerque Lima Júnior - Assumiu no lugar do vereador João Baptista Junqueira de Andrade, que renunciou ao cargo em 05/ago/1936.
Orlando Gonçalves Brandão - Assumiu no lugar do vereador Flávio de Miranda Gonçalves, que deixou o cargo em 30/mar/1937.


Notas:
     São mostrados os nomes de 16 vereadores eleitos, mas há mais 3 suplentes que assumiram - aos quais não sei distingui-los dos eleitos.
 “Os nomes de todos os componentes foram encontrados, em jornais antigos pelo historiador Nikson Salem - Presidente da Academia Barramansense de História”.
“Pretextando agitação política no país, o presidente Getúlio 
Década de 1930 - Posse do Prefeito
Mário Pinto dos Reis 

no salão do Palácio Barão de Guapy.
Acervo ABH.
Vargas, com o apoio das Forças Armadas, golpeava novamente as instituições democráticas, em 10 de novembro de 1937, fechando o Congresso Nacional e outorgando uma Constituição, que aliás, nunca chegou a ser cumprida. Em todo o país foram dissolvidas as Câmaras Municipais e 
destituídos os prefeitos. A administração municipal passou, daí por diante, a ser exercida por prefeitos interventores, nomeados pelos Interventores Federais, que por sua vez foram também nomeados para os diversos estados. Daí por diante, o município passou a ser administrado por Prefeitos Interventores.
Com a volta do país, em 1946, às normas democráticas, já em 27 de setembro de 1947, realizavam-se eleições para prefeitos e vereadores desta nova fase administrativa do município".

30ª LEGISLATURA (1929-1930) - Pres. Adolpho Klotz
Vereadores:
Adolpho Klotz, Wanderlino Teixeira Leite, Elmano Teixeira de Mendonça, Alphen de Oliveira Ferreira, Flávio Luis Corrêa, Francisco Alexandre Vilela, Joaquim de Andrade Broxado, Gabriel Antônio Villela de Andrade, Heitor de Macedo Pinto, Pharmacêutico Jorge da Fonseca Ramos.

Notas:
Getúlio Vargas comandou a Revolução de 1930
"O mandato do prefeito e da Câmara Municipal terminaria em 1932, mas com a vitória da Revolução Liberal de 1930, foram dissolvidas as Câmaras e destituídos os prefeitos de todos os municípios do Estado do Rio de Janeiro. O município de Barra Mansa passou, daí por diante, a ser administrado pelos Prefeitos Interventores nomeados pelo Interventor Federal do Estado do Rio de Janeiro.
Com a volta do país do regime constitucional, em 1934, seguiu-se também a do Estado, 1936, sendo em consequência restabelecidas as Câmaras Municipais, com funções deliberativas, e os prefeitos, com funções executivas".

29ª LEGISLATURA (1927-1929) - Pres. Mamede Fróes de Andrade
Vereadores:
Cap. Mamede Fróes de Andrade, Cap. Antonio Lobo Junior, Benjamim Franklin de Albuquerque Lima, Cap. Carlos Gonzaga de Oliveira Campbell, Dr. Francisco Gabriel Gonsalves Leite, José Alves de Carvalho, Cap. Mário Pinto dos Reis, Dr. Leôncio Brasil Silvado, Arthur Luiz Correa, João Moreira Barbosa.

08/06/1924 - Novo prefeito e
vereadores da 28ª Legislatura.
28ª LEGISLATURA (1924-1927) - Pres. Francisco Villela de Andrade
Vereadores:
Cel. Francisco Villela de Andrade, Cap. Trasybulo Gomes de Oliveira Campbell, Cap. Antonio Lobo Junior, Cap. Carlos Gonzaga de Oliveira Campbell, Major Luiz de Abreu Guimarães Cambraia, Cap. Elmano Teixeira de Mendonça, Cap. Benedicto Gomes da Silva, Pharmacêutico Jorge da Fonseca Ramos, Cap. Octávio Villela Siqueira, Cap. João Antônio de Paiva.

27ª LEGISLATURA (1922-1923) - Pres. Bertholino Joaquim Gonçalves
Vereadores:
Cap. Bertholino Joaquim Gonçalves, Cel. João Alves de Oliveira Ramos, Carlos de Macedo Pinto, Arthur Luiz Correa, Elmano Teixeira de Mendonça, Flávio Rodrigues Peixoto, José Carlos Vieira Ferraz, Wanderlino Teixeira Leite, Carlos Gonzaga de Oliveira Campbell, Francisco Villela de Andrade.

Notas:

"Esta Câmara e o prefeito que foi o primeiro a ser eleito, para o período de 2 de agosto de 1922 a 12 de junho de 1924, tiveram o mandato interrompido em 23 de agosto de 1923, em consequência da decretação da intervenção federal, foram dissolvidas as Câmaras Municipais e afastados os prefeitos, passando as funções executivas a serem exercidas por Prefeitos Interventores, de nomeação do Interventor Federal no Estado do Rio de Janeiro".

26ª LEGISLATURA (1919-1922) - Pres. Cap. Eugênio Campagnac
Vereadores:
Cap. Eugênio Campagnac, Major Ede Evaristo Alves de Oliveira, Cap. Bertholino Joaquim Gonçalves, Manuel d'Ávila da Costa Aguiar, Elmano Teixeira de Mendonça, Cap. Manuel Ferreira da Silva, Wanderlino Teixeira Leite, Cel. João Alves de Oliveira Ramos, Eduardo Pereira da Costa Rangel, Dr. Francisco Gabriel Gonçalves Leite.
Palácio Barão de Guapy, antes de ser ampliado.

Notas:
"Em virtude da Segunda Reforma Constitucional do Estado, operada pela Lei nº 1.670, de 15 de novembro de 1920, foram criadas as Prefeituras em todos os municípios do Estado, e estabelecido que os prefeitos seriam eleitos por 3 anos, assim como os vereadores. O primeiro prefeito eleito, Cel. Alfredo Dias de Oliveira, não chegou a concluir seu mandato, em conseqüência da intervenção decretada no Estado, pelo Governo Federal".

25ª LEGISLATURA (1916-1919) - Pres. Dr. Luiz Carneiro de Campos Ponce de Leon
Vereadores:
Dr. Luiz Carneiro de Campos Ponce de Leon, Cel. Alfredo Dias de Oliveira, Cap. Eugênio Campagnac, Cap. Leopoldo Teixeira de Siqueira, Major Manuel d'Ávila da Costa Aguiar, Cap. Elmano Teixeira de Mendonça, Major Ede Evaristo Alves de Oliveira, Francisco de Barros Viana, Major Luís José Alves, Manuel Ferreira da Silva.

24ª LEGISLATURA (1913-1916) - Pres. Dr. Luiz Carneiro de Campos Ponce de Leon
Vereadores:
Dr. Luiz Carneiro de Campos Ponce de Leon, Cel. Jeremias Teixeira de Mendonça, Major Eugênio Caetano de Oliveira, Cap. Alacrino Francisco Monteiro, Cap. Eugênio Campagnac, Cel. Alfredo Dias de Oliveira, Major Manuel Crisóstomo Torres, Cap. Manuel Francisco Pinto do Amaral, Luís Henrique Braune, Major Manuel d'Ávila da Costa Aguiar.

23ª LEGISLATURA (1910-1913) - Pres. Cel. Jeremias Teixeira de Mendonça
Vereadores:
Cel. Jeremias Teixeira de Mendonça, Dr. Henrique de Almeida Leite Guimarães, Cap. Eugênio Campagnac, Cel. Alfredo Dias de Oliveira, Major Eugênio Caetano de Oliveira, Alacrino Francisco Monteiro, Manuel d'Ávila da Costa Aguiar, Manuel Crisóstomo Tôrres, Cel. Francisco de Barros Viana, Honório Monteiro de Castro.

Notas:
"Esta Câmara, depois de muita discussão, decidiu abrir mão de sua autonomia administrativa para conseguir a realização, por conta do Estado, de diversas obras públicas no município, inclusive de saneamento, água e esgotos, na cidade; e neste sentido dirigiu representações ao Governo do Estado e à Assembleia Legislativa Fluminense, em 17 de outubro de 1912, pedindo nomeação de um prefeito para o município de Barra Mansa, de conformidade com o Art.31, nº 11,letra A, da Reforma Constitucional de 18 de setembro de 1903.
O Governo do Estado, atendendo às pretensões da Câmara Municipal, criou a Prefeitura, e logo em seguida nomeou o Eng. João Luis Ferreira, para exercer o cargo de prefeito. Após sua posse, em 14 de abril de 1914, o presidente da Câmara perdeu a função executiva, que era de sua atribuição, passando a mesma, daí por diante, a ser exercida pelo prefeito, de nomeação do Presidente do Estado".

22ª LEGISLATURA (1907-1910) - Pres. Dr. José Pinto Ribeiro
Vereadores:
Dr. José Pinto Ribeiro, Dr. Henrique de Almeida Leite Guimarães, Cap. José Maria Gonçalves, Eng. Ary do Espírito-Santo Fontenelle, Major José Izidro Teixeira Leite, Major Nestor de Paula Coutinho, Ten. Cel. João José Alves Junior, Ten. Cel. Manuel Vicente dos Reis, Dr. Luiz Carneiro de Campos Ponce de Leon, Cap. Olímpio Garcez Pereira.

21ª LEGISLATURA (1904-1907) - Pres. Cel. José Caetano Alves de Oliveira
Vereadores:
Cel. José Caetano Alves de Oliveira, Dr. José Pinto Ribeiro, Ten. Cel. Alfredo Dias de Oliveira, Ten. Cel. João Alves Júnior, Cap. Manuel Vicente dos Reis, Major Antônio Ribeiro da Fonseca, Major Antônio de Carvalho, Cap. Antônio Augusto Cardoso Figueira, Cap. José Marques da Silveira, Cel. Afonso Borges Rodrigues, Major José Izidro Teixeira Leite, Cap. Antônio Leal de Souza, Cap. José Maria Gonçalves.

20ª LEGISLATURA (1901 - 1904) - Pres. Cel. José Caetano Alves de Oliveira
Vereadores Gerais:
Cel. José Caetano Alves de Oliveira, Dr. José Pinto Ribeiro, Dr. José Vieira Braga, Major Eng. Ary do Espírito-Santo Fontenelle, Cel. Afonso Borges Rodrigues, Major José Izidro Teixeira Leite, Ten.Cel. Jeremias Teixeira de Mendonça;
Vereadores Distritais:
Ten. Cel. Quintino José de Medeiros, Henrique José Nunes Vieira, Cap. Luís Ferreira Franco, Major Antônio de Carvalho, Cap. Antônio Ribeiro da Fonseca, Manuel Moreira da Silva.

19ª LEGISLATURA (1898-1901) - Pres. Cel. José Caetano Alves de Oliveira
Vereadores Gerais:
Cel. José Caetano Alves de Oliveira, Major Quintino José de Medeiros, Cap. Vasco Gomes de Oliveira Campbell, Cap. Manuel Vicente dos Reis, Dr. José Vieira Braga, Dr. Raul de Resende Carvalho, Dr. Manuel Ferreira de Matos;
Vereadores Distritais:
Cap. Bernardino de Brito, Cap. Luís Ferreira Franco, Monsenhor Manuel Fernandes Lustosa de Lima, Domiciano Rodrigues de Faria, Cap. Antonio Leal de Souza, Major Antônio Ribeiro da Fonseca.

18ª LEGISLATURA (1895-1898) - Pres. Dr. Adolpho Pereira de Burgos Ponce de Leon
Vereadores Gerais:
Dr. Adolpho de Burgos Ponce de Leon, Dr. José Hypólito de Oliveira Ramos, Ten. Cel. Lindolfo José Vieira Ferraz, Ten. Francisco Dias de Oliveira, Ten. Cel. José Ventura de Matos Abreu, Ten. Cel. José de Queiros Mascarenhas, Cap. Alfredo Gonzaga de Oliveira Campbell.
Vereadores Distritais:
Cap. Manuel Vicente dos Reis, Cap. Anacleto Tavares do Carmo, Ten. Nilo Gomes Jardim, Major Eugênio Caetano de Oliveira, Padre José Maria Arena, Major Antônio Ribeiro da Fonseca.

17ª LEGISLATURA (1892-1895) - A primeira do período repúblicano. Pres. Dr. Adolpho Pereira de Burgos Ponce de Leon
Vereadores Gerais:
Dr. Adolpho Pereira de Burgos Ponce de Leon, Dr. José Hypólito de Oliveira Ramos, Ten. Cel. Lindolfo José Vieira Ferraz, Dr. Luís Antônio Barbosa Nogueira, Major Jeremias Teixeira de Mendonça, Comendador Antônio Pinto Moreira, Major Lindorf Moreira de Vasconcelos Sobrinho;
Após a Proclamação da República, o brasão
do Império, desenhado na faixada do Palácio
Barão de Guapy, teve a sua coroa retirada,
 e no lugar, foi fixado uma estrela
simbolizando a república.
Vereadores Distritais:
Cap. Domingos Alves Guimarães Cotia, alferes Manuel Gomes Lourenço, Cap. José Carlos de Oliveira, Hierócleo Elói Pessoa de Barros, Antônio Francisco Rodrigues da Silva, Major Antônio Ribeiro da Fonseca.

16ª LEGISLATURA (1887-1889) - Pres. Dr. Pedro Rodovalho Marcondes dos Reis
Vereadores:
Dr. Pedro Rodovalho Marcondes dos Reis, Dr. Adolpho Pereira de Burgos Ponce de Leon, Manuel Cândido Gomes da Silva, Cap. José Cândido de Andrade Santos, Antônio Teixeira Pinto Júnior, Gabriel José Pereira Lima, Dr. Urias Antônio da Silveira, José Hilário Figueira, Dr. José Hypólito de Oliveira Ramos.

15ª LEGISLATURA (1883-1887) - Pres. Comendador Joaquim Leite Ribeiro de Almeida
Vereadores:
Vereador por quatro mandatos, pai
do notável Dr. Mário Ramos que foi
 médico e deputado estadual.
Acervo Fazenda da Posse.
Comendador Joaquim Leite Ribeiro de Almeida, Alfredo Coelho da Rocha, Dr. Teodoro Gomes Pereira da Silva, Jeremias Teixeira de Mendonça, Manuel Gonçalves de Morais Carvalho, Cap. Antônio Borges Rodrigues, Dr. José Pinto Ribeiro, Eng. Modesto Olímpio Teixeira Brandão, Custódio Ferreira Leite Guimarães.

14ª LEGISLATURA (1881-1883) - Pres. Major José Bento Ferreira Leite Guimarães
Vereadores:
Major José Bento Ferreira Leite Guimarães, Dr. José Hypólito de Oliveira Ramos, alferes José Gonçalves Costa, Antônio Ribeira da Fonseca, José Inácio Pereira Lima, Dr. Antônio Silvério Barbosa da Silva, Dr. Antônio Leite Ribeiro de Almeida, Major José Pereira Leite, José Francisco Ribeiro.

13ª LEGISLATURA (1877-1881) - Pres. Custódio Ferreira Leite Guimarães
Vereadores:
Custódio Ferreira Leite Guimarães, Dr. Joaquim de Oliveira Machado, Dr. Cândido Teixeira da Cunha, Dr. Pedro Rodovalho Marcondes dos Reis, Boaventura Nogueira da Silva, Comendador Camilo da Silva Reis, Dr. José Bernades Gomes Guimarães, Antônio da Silva Nogueira, Antônio Ribeiro da Fonseca.

12ª LEGISLATURA (1873-1877) - Pres. Comendador Joaquim Leite Ribeiro de Almeida
Vereadores:

Comendador Joaquim Leite Ribeiro de Almeida, Comendador Camilo da Silva Reis, Dr. Joaquim de Oliveira Machado, Dr. Marcos de Oliveira Arruda, José Caetano Alves de Oliveira, Cap. José de Queirós Mascarenhas, Boaventura Nogueira da Silva, Cap. José Carlos Vieira Ferraz, Dr. José de Lima Nobre.

11ª LEGISLATURA (1869-1873) - Pres. Major Joaquim Leite Ribeiro de Almeida
Vereadores:
Major Joaquim Leite Ribeiro de Almeida, Dr. José de Lima Nobre, Dr. Américo Brasileiro da Costa Moreira, Ricardo José Gomes Guimarães, Dr. José de Andrade Guimarães, Major Camilo da Silveira Reis, José da Costa Ferreira Cardoso, Eng. José Franklin de Massena, Dr. Joaquim de Oliveira Machado.

10ª LEGISLATURA (1865-1869) - Pres. Dr. José Gomes Varela Lessa
Vereadores:
Dr. José Gomes Varela Lessa, Cap. Joaquim Leite Ribeiro de Almeida, Dr. Manuel Ferreira de Matos, Dr. José de Lima Nobre, Delfim Franco da Silva Barbosa e Fróes, Ricardo José Gomes Guimarães, Dr. Cândido Teixeira da Cunha, Lucas José Vieira Ferraz, Dr. Domiciano Barbosa da Silva.

Na imagem de 1861, o Palácio Barão de Guapy
Acervo ABH
9ª LEGISLATURA (1861-1865) - Pres. Com. Joaquim José Ferraz de Oliveira (Barão de Guapy)
Vereadores:
Comendador Joaquim José Ferraz de Oliveira (Barão de Guapy), Dr. Joaquim Medina Céli, Cap. José Justiniano da Silva Júnior, Dr. José Gomes Varela Lessa, Ten. Cel. Celso Eugênio dos Reis, Dr. Antonio Xavier Monteiro da Silva, Dr. Manuel Ferreira de Matos, Comendador João Tomaz Moreira da Costa, João Batista Marcondes do Amaral.

8ª LEGISLATURA (1857-1861) - Pres. Com. Lucas Antônio Monteiro de Barros
Vereadores:

Comendador Lucas Antônio Monteiro de Barros, Comendador Joaquim José Ferraz de Oliveira (depois Barão de Guapy), Dr. Emygdio José Ribeiro, Cap. José Justiniano da Silva Junior, Cap. Manuel Antônio da Silva Reis, Cap. Joaquim Leite Ribeiro de Almeida, João Batista Marcondes do Amaral, Tertuliano Corrêa Alves Quintanilha, João Antonio Basques.

Notas:
"Com a elevação da vila à categoria de cidade, aumentou o número de vereadores, que passou de 7 (sete) para 9 (nove), de acordo com o que preceituava a Lei de 1º de outubro de 1828, que deu nova organização às municipalidades brasileiras".

7ª LEGISLATURA (1853 - 1857) - Pres. Bernardo José Vieira Ferraz
Vereadores:
Antigo 'Uniforme de Vereador', foto do Livro:
'A Igreja Matriz de S.Sebastião de Barra Mansa '
- do Autor: J. B. de Athayde.
Bernardo José Vieira Ferraz, Celso Eugênio dos Reis, Pedro Gomes de Sousa, Manuel Marques Ribeiro, Tertuliano Corrêa Alves Quintanilha, Francisco Barbosa da Silva Chichorro, Luís Cândido de Almeida.

6ª LEGISLATURA (1849 - 1853) - Pres. Bernardo José Vieira Ferraz
Vereadores:
Bernardo José Vieira Ferraz, Benjamim José Justiniano, Tertuliano Corrêa Alves Quintanilha, Celso Eugênio dos Reis, Augusto Pio Pereira da Cruz, Carlos José da Silva, João Antônio Basques.

5ª LEGISLATURA (1849) - Pres. João José Cardoso
Vereadores:
João José Cardoso, Dr. José Marcondes de Toledo, Francisco de Sales Dias, Camilo da Silva Reis, João Antônio Basques, Elói Galvão da França, José Freire de Siqueira.

4ª LEGISLATURA (1845 - 1849) - Pres. Manoel Carlos de Barros
Vereadores:
Manoel Carlos de Barros, Dr. José Marcondes de Toledo, Cel. Manuel Dias do Prado, Dr. Francisco de Souza Ramos, João Crisóstomo de Vargas, Tenente João José Cardoso, alferes Miguel José de Faria.

3ª LEGISLATURA (1841-1845) - Pres. Padre José Britualdo de Melo
Vereadores:
Padre José Britualdo de Melo, Cel. Joaquim Silvério de Castro e Souza Medronho, Manoel Carlos de Barros, Tertuliano Côrrea Alves Quintanilha,
Cap. Manuel Dias do Prado, Dr. José Marcondes Toledo, alferes Pedro José dos Reis Pereira e Castro.

2ª LEGISLATURA (1837 - 1841) - Pres. Pedro José dos Reis Pereira e Castro
Vereadores:
Pedro José dos Reis Pereira e Castro, José Gomes de Souza Portugal (foi depois Barão do Turvo), Antonio José Bernardes, Lucas Antônio Monteiro de Barros, João Pereira da Cruz, Comendador Joaquim José de Souza Breves (que foi o Rei do Café no 2º Reinado)Manuel Vieira da Cunha.

1ª LEGISLATURA (1833 - 1837) - Pres. Domiciano de Oliveira Arruda
Vereadores:
Domiciano de Oliveira Arruda, José de Souza Breves, Padre José Britualdo de Melo, José Bento Ferreira da Silva Guimarães, Joaquim Gomes de Souza, Manoel de Souza Azevedo, João Pereira da Cruz.

     Antes da instalação do Município de Barra Mansa em 10 ou 16 de Fevereiro de 1833, nossa terra era representada pelos vereadores de Resende, a qual foi criada em 1801. Os termos de Resende abrangiam o pequeno povoado de Barra Mansa. 
     Em 1811 foi criado o município de São João Marcos, separado de Resende cuja a divisa era o Rio Barra Mansa. Nessa época o pequeno povoado existente ao redor da Fazenda da Posse (Atual bairro Vila Barbará) passava a ser administrado por São João Marcos, e o atual Centro continuava subordinado à Resende até 3/10/1832.


Vereadores de Resende, antes instalação do Município de Barra Mansa em 1833:


LEGISLATURA (1833 - 1836) - Pres. Fabiano Pereira Barretos (presidente por 391 votos).
Vereadores:
Fabiano Pereira Barreto, Claro Rodrigues Almeida, João Damasceno Costa, Antônio Joaquim de Godói Bueno, Antônio Pereira Leite, Domiciano de Oliveira Arruda, Francisco da Costa Nogueira.

Notas: Foi esta legislatura que realizou a instalação do Município de Barra Mansa, desmembrado de Resende.
      A presença do presidente da Câmara Municipal de Resende, vereador Fabiano Pereira Barreto, a qual presidiu a solenidade, indica a aceitação, ou até mesmo conivência de Resende com o desmembramento de seu território, creio eu, que este fato deva estar relacionado ao desejo por parte dos edis resendenses d'aquela legislatura, de criar a 'província de Resende'.

LEGISLATURA (1829 - 1832) - Pres. Padre Joaquim Pereira de Escobar (presidente por 193 votos).
Vereadores:
Padre José Marques da Motta, Padre Joaquim Pereira de Escobar, Fabiano Pereira Barreto, Antonio Luis Gonçalves Viana, João Lourenço Dias Guimarães, Comendador Francisco do Carmo Fróes, Bento de Azevedo Maia.


Notas: 
     "Segundo ainda outro historiador - Dr. João de Azevedo Carneiro Maia, em 1829 a Câmara Municipal de Resende era presidida pelo padre Joaquim Pereira de Escobar.


     Fato curioso, e desconhecido dos atuais habitantes da região, nessa legislatura, pretenderam os vereadores de Resende criar uma nova província composto pelas cidades fluminenses de: Resende, São João Marcos, Marquês de Valença, Paraty, Ilha Grande (futura Angra dos Reis); mineiras: Campanha e Baependi; e paulistas: Areias, Lorena, Cunha e Guaratinguetá.
     Porém a disputa entre Resende, Baependi e Lorena para ser a capital da nova província, e talvez somado aos acontecimentos políticos da abdicação de D. Pedro I, a posterior regência, e a Revolução Liberal de 1842, fez desaparecer este projeto.

1ª LEGISLATURA (1801 - 1804)Pres. André Bernardes Rangel
Em 29 de setembro de 1801, foram eleitos através do “pelouro”, os 
Vereadores:
Antonio Pinto Franco, Joaquim João Rodrigues, Manoel da Silva Guimarães, Vicente Marques Ferreira.
Coube ao Dr. André Bernardes Rangel, 1o juiz ordinário de Resende, presidir a Câmara Municipal recém inaugurada. Eles cumpriram o mandato legislativo de 1801 a 1804. Desta data em diante e até 1829 existe uma lacuna na documentação existente

Blog: http://arquivohistoricoderesende.blogspot.com.br/


Notas:
     Na primeira legislatura de Resende em 1801 foi presidente - ANDRÉ BERNARDES RANGEL, no império e nos primeiros anos da república, não havia o cargo de prefeito/alcaide e o presidente da Câmara, era o responsável pelas funções executivas nos municípios.

Fontes - Este artigo é uma atualização que fiz das obras de: 
Rocha, Alan Carlos - Memória Comemorativa do Primeiro Centenário.
Athayde, J. B. de - Barra Mansa e os seus Administradores.
Outras Fontes: Maia, João - História de Resende.

Nenhum comentário:

Postar um comentário